Vulcanismo-vulcanismo secundário

O Vulcanismo secundário ou residual são manifestações de actividade vulcânica de modo menos violento que as erupções, podendo também ocorrer antes das mesmas.

Estas manifestações mantêm-se durante muitos anos ou séculos e podem ocorrer de várias formas:

 

Fumarolas: Emissões de vapor de água, frequentemente acompanhadas, de outros gases a temperaturas elevadas, libertadas através de fendas do cone vulcânico. De acordo com os diferentes gases libertados as fumarolas são classificadas em:

Sulfataras Quando são predominantemente libertadas substâncias sulfuradas (enxofre, dióxido de enxofre e ácido sulfúrico).

Mofetas – Quando predomina a libertação de dióxido de carbono.

(estes dois últimos é apenas a título de curiosidade)

 

Géiseres: Emissões descontínuas de água e de vapor de água a altas temperaturas através de fracturas que podem atingir centenas de metros acima do solo.

 

 

Fontes ou nascentes termais: São locais de libertação de água subterrâneas, que foram aquecidas em profundidade, emergindo à superfície a elevadas temperaturas. Algumas destas são ricas em substâncias minerais.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: