Archive for Abril 22, 2009

Vídeo síntese: tectónica de placas/vulcanismo

   Ora bem, este vídeo é uma pequeníssima (mas mesmo muito pequena!!!! 🙂 ) síntese sobre a relação entre placas tectónicas/vulcões….

Bom estudo!!! 🙂

Anúncios

Comments (1) »

Vulcanismo-benefícios da actividade vulcânica

A actividade vulcânica pode originar catástrofes naturais. A violência de algumas erupções vulcânicas ao longo da História matou milhares de pessoas e modificou a composição atmosférica e o clima por algum tempo. Os cientistas consideram que apenas uma única erupção vulcânica pode afectar todo o planeta, por isso tem sido desenvolvida tecnologia avançada que permita prever erupções vulcânicas, salvando a vida a milhares de pessoas.

Embora alguns vulcões possam ser muito destrutivos, as suas vertentes são escolhidas por muitas pessoas para aí habitarem. Umas das razões desta escolha são os solos férteis originados pelos depósitos vulcânicos, excelentes como campos de cultivo. Em algumas partes do Mundo, materiais valiosos como o ouro, o ferro, o enxofre e os diamantes têm origem na actividade vulcânica, levando ao aparecimento de aglomerados populacionais nesses lugares.
Nos Açores e na Islândia, as rochas vulcânicas perto da superfície atingem temperaturas tão elevadas que a água que as atravessa pode ser usada para aquecimento de casas e estufas ou mesmo para a produção de energia eléctrica.
As áreas vulcânicas oferecem paisagens espectaculares, atraindo excursões de visitantes aos géiseres, fontes termais, fumarolas (designados por vulcanismo secundário) e às encostas dos vulcões, funcionando assim como pólos turísticos que desenvolvem a região

Vejam os seguintes vídeos:

continuando…. 🙂

Leave a comment »

Vulcanismo-vulcanismo secundário

O Vulcanismo secundário ou residual são manifestações de actividade vulcânica de modo menos violento que as erupções, podendo também ocorrer antes das mesmas.

Estas manifestações mantêm-se durante muitos anos ou séculos e podem ocorrer de várias formas:

 

Fumarolas: Emissões de vapor de água, frequentemente acompanhadas, de outros gases a temperaturas elevadas, libertadas através de fendas do cone vulcânico. De acordo com os diferentes gases libertados as fumarolas são classificadas em:

Sulfataras Quando são predominantemente libertadas substâncias sulfuradas (enxofre, dióxido de enxofre e ácido sulfúrico).

Mofetas – Quando predomina a libertação de dióxido de carbono.

(estes dois últimos é apenas a título de curiosidade)

 

Géiseres: Emissões descontínuas de água e de vapor de água a altas temperaturas através de fracturas que podem atingir centenas de metros acima do solo.

 

 

Fontes ou nascentes termais: São locais de libertação de água subterrâneas, que foram aquecidas em profundidade, emergindo à superfície a elevadas temperaturas. Algumas destas são ricas em substâncias minerais.

 

 

Leave a comment »